Início POLÍTICA Filipe de Nael defende a implantação de um Centro de Atenção Psicossocial...

Filipe de Nael defende a implantação de um Centro de Atenção Psicossocial em Santa Cruz da Baixa Verde

Filipe de Nael (PTB), candidato a prefeitura de Santa Cruz da Baixa Verde, defendeu no seu plano de governo caso seja eleito em 15 de novembro próximo, a implantação de um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS I), na capital da rapadura.

De acordo com o Ministério da Saúde, o CAPS I é um programa que atende pessoas de todas as faixas etárias que apresentam prioritariamente intenso sofrimento psíquico decorrente de transtornos mentais graves e persistentes, incluindo aqueles relacionados ao uso de substâncias psicoativas, e outras situações clínicas que impossibilitem estabelecer laços sociais e realizar projetos de vida.

Filipe de Nael apresentou um total de 56 propostas de governo na área da saúde do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Agência do Trabalho abre 9 vagas para Serra Talhada

Publicado às 06h39 deste sábado (24) Nesta sexta-feira (23), a Agência de Empregos de Serra Talhada anunciou 9 vagas de trabalho. Sendo 2 para para...

Coordenadora Regional da Secretaria da Mulher de Pernambuco, Marilia Correia visitou o prefeito Irlando Parabólicas e a secretaria municipal da Mulher Maria da Penha...

Publicado às 18h08 desta sexta-feira (23) Da Assessoria “Políticas Públicas para às Mulheres de Santa Cruz da Baixa Verde” Na tarde da última quinta-feira (22), o prefeito...

Irlando Parabólicas comemora chegada da tubulação para ínicio das obras do ramal da Adutora do Pajeú

O Prefeito de Santa Cruz da Baixa Verde, Irlando Parabólicas (PP), visitou na tarde dessa quinta-feira (22) o distrito de Jatiúca, local onde chegaram os primeiros lotes da tubulação que levará água aos município de Santa Cruz da Baixa Verde e Triunfo.

Joice Hasselmann diz ter sido vítima de “atentado”; deputada sofreu fraturas

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) acredita ter sido vítima de um “atentado”, após acordar em casa com fraturas pelo corpo.